Logo paivense
Logo paivense

A 07 de abril foram realizados mais de 34.000 testes rápidos

A procura de testes rápidos de antigénio à covid-19 está a aumentar em Portugal, tendo atingido o maior número a 07 de abril, com mais de 34.000 realizados nesse dia, segundo as informações do Instituto Ricardo Jorge.

“Foi o dia em que fizemos mais testes rápidos de antigénio desde o início da pandemia [em março de 2020], correspondendo a 55% do total de testes feitos” no país nessa data, disse à agência Lusa Cristina Abreu Santos, vogal do conselho diretivo do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA).

Os dados apresentados demonstram

que houve “um maior recurso a estes testes rádpidos de antigénios, sobretudo, em contexto de rastreios que estão a ser feitos no país”, como, por exemplo, nas escolas e em locais de maior risco de transmissão em meio laboral, adiantou.