Logo paivense
Logo paivense

Académico de Viseu em ‘crise’ perde em casa com o Arouca

O Arouca venceu em Viseu o Académico, por 3-1, em jogo da 23.ª jornada da II Liga portuguesa de futebol, reetrando na luta pela subida de divisão e agudizando a `crise´ dos viseenses que não ganham há sete jogos.

Ericson (6), Palocevic (23) e Roberto (32) marcaram para o Arouca, ainda na primeira parte, com Bura, aos 84 , a reduzir para o Académico de Viseu, que com a derrota desce dos lugares de subida para a sétima posição no campeonato, com 36 pontos, com o Arouca a subir ao quarto lugar, com 37.

O jogo começou praticamente com o golo do Arouca, com Ericson a aparecer solto ao segundo poste e a finalizar um cruzamento da esquerda.

Os viseenses procuraram responder, mas erravam muitos passes e Bracali acabou por ter uma primeira parte descansada.

Mais eficaz, o Arouca fez o segundo golo aos 23 minutos, num remate de longe de Palocevic a bater Peçanha.

Perante o desnorte total dos comandados de Francisco Chaló, o Arouca manteve-se tranquilo no jogo e chegou ao terceiro, aos 32 minutos, com Roberto, a limitar-se a ‘empurrar’ sobre a linha um cruzamento remate de Bukia.

No segundo tempo, o jogo manteve-se controlado pelo Arouca, perante um Académico de Viseu trapalhão e incapaz de criar perigo. O Académico chegou ao golo já nos minutos finais, com Bura a rematar e a bater Bracali.

Jogo no Estádio do Fontelo, em Viseu.

Académico de Viseu – Arouca, 1-3.

Ao intervalo: 0-3.

Marcadores:

0-1, Ericson, 06 minutos

0-2, Palocevic, 23

0-3, Roberto, 32

1-3, Bura, 84

Equipas:

– Académico de Viseu: Peçanha, Tomé (Erivaldo, 80), Bura, Fábio Santos, Kiko, Capela, Tarcísio (Zé Paulo, 57), Paná, João Mário (Sandro Lima, 34), Nsor e Avto.

(Suplentes: Jonas, Joel, Erivaldo, Rui Miguel, Lucas, Zé Paulo e Sandro Lima).

Treinador: Francisco Chaló.

– Arouca: Bracali, João Amorim, Nuno Coelho, Deyvison, Vítor Costa, Bruno Alves (André Santos, 78), Ericson, Palocevic, Barnes (Massaia, 73), Roberto e Bukia.

(Suplentes: Gasparotto, Vargas, Ohemeng, André Santos, Areias, Erick Salles e Massaia).

Treinador: Miguel Leal.

Árbitro: João Pinheiro (AF Braga).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Bracali (40), João Amorim (47), Ericson (61) e Bruno Alves (67).

Assistência: cerca de 700 espetadores.