Logo paivense
Logo paivense

O que aconteceu dia 17 de março dos outros anos?

Hoje é sábado, 17 de março, septuagésimo sexto dia do ano e Dia de São Patrício (Dia Verde). Faltam 289 dias para o final de 2018.Este dia é dedicado a São Patrício, bispo, patrono dos irlandeses, e a São Ambrósio de Alexandria, diácono.Nos céus, é Lua Nova, às 13:12.

O sol nasce às 06:45 e o ocaso regista-se às 18:45.

No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 03:12 e 15:32, a baixa-mar às 09:05 e 21:16.

Peixes é o signo dos nascidos nesta data, destacando-se de entre eles o cantor norte-americano Nat King Cole (1919) e o bailarino russo Rudolf Nureyev (1938).Nesta data, em 1756, era canonizada a princesa portuguesa Santa Joana, filha de Afonso V. Em 1776, tropas americanas, comandadas por George Washington, obrigavam o exército britânico a retirar-se de Boston, Massachusetts. Em 1938, era assinado o Pacto Ibérico, Tratado de amizade e não-agressão entre Portugal e Espanha. Em 1945, os norte-americanos ganhavam a batalha com os japoneses pela posse de Iwo-Jima.

1946 – Estreava-se na revista francesa “Vaillant” nº.56 uma série intitulada “Placid et Muzo” (Plácido e Mosca).

Em 1959, morria, no Rio de Janeiro, o poeta português António Botto. Em 1958, a marinha norte-americana lançava, com êxito, o satélite Vanguard-1. Em 1976, morria o cineasta e encenador italiano Luchino Visconti. Em 1978, o petroleiro Amoco Cadiz naufragava ao largo da costa da Bretanha, França, libertando cerca de 220 mil toneladas de ramas de petróleo.Em 1988, o Senado espanhol aprovava o projeto de lei que abria a televisão à iniciativa privada. Em 1990, Freitas do Amaral era reeleito líder dos centristas, no IX Congresso do CDS. Em 1992, cerca de 70 por cento dos brancos da África do Sul votavam favoravelmente as reformas propostas pelo presidente De Klerk tendo em vista o fim do Apartheid. Em 1993, morria o professor António José Saraiva, 76 anos, personagem de relevo na cultura portuguesa do século XX.Em 1994, iniciava-se em Versalhes, França, o julgamento de Paul Touvier, acusado da execução de sete reféns judeus durante a II Guerra Mundial. Em 1995, a Polícia Judiciária de Faro apreendia 1500 quilos de cocaína colombiana. Na mesma data, Totto Rina, chefe máximo da máfia siciliana, era condenado, em Palermo, a prisão perpétua.Em 1996, morria o cineasta francês René Clement, 82 anos. Em 1997, chegava a Luanda o primeiro grupo de 49 deputados da UNITA. Em 2000, a BMW vendia a Rover. Em 2001, cinco pessoas ficavam feridas, três delas com gravidade, num tiroteio à porta de uma discoteca em Lisboa.Em 2002, o PSD vencia as eleições legislativas em Portugal, com 40,12% dos votos. Em 2003, o presidente norte-americano George W. Bush prometia guerra ao Iraque se Saddam Hussein e os filhos não deixassem o país em 48 horas. Em 2004, a multinacional canadiana Bombardier anunciava o fecho da fábrica na Amadora, em maio.

Em 2006, o Tribunal de Instrução Criminal de Guimarães pronunciava Fátima Felgueiras pela prática de 23 crimes.

Em 2007 ocorria a investidura do novo governo de unidade nacional palestiniano, da Fatah e do Hamas, tendo como primeiro-ministro Ismail Haniyeh. Entrava em vigor a Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais, lançada em 2002 pela UNESCO e aprovada em 20 de outubro de 2005, em Paris. A curta-metragem de animação “História Trágica com Final Feliz”, de Regina Pessoa, conquistava o Grande Prémio do Júri do South by Southwest Film Festival, em Austin, no Texas. Morria Ernst Haefliger, 87 anos, tenor suíço.

Em 2013, morria, aos 91 anos, André Fontaine, que foi diretor do diário francês Le Monde entre 1985 e 1991.

Em 2014, o parlamento da Crimeia aprovava uma resolução a declarar-se independente da Ucrânia e pedia oficialmente a anexação da península à Rússia. O tenista João Sousa sobia ao 42.º lugar do “ranking” mundial, o melhor de sempre de um português, no culminar de uma semana em que passou à segunda ronda do torneio norte-americano de Indian Wells.

Em 2016, morria Paul Daniels, mágico da cadeia pública BBC e referência para várias gerações de britânicos. Tinha 77 anos.

Em 2017, morria, aos 87 anos, Derek Walcott, Nobel da Literatura, em Santa Lúcia, nas Antilhas.