Início Agricultura A China está a criar porcos gigantes (tão grandes como ursos polares)

A China está a criar porcos gigantes (tão grandes como ursos polares)

COMPARTILHAR

[embedded content]

Porcos tão pesados como ursos polares. Esta é a solução encontrada por produtores chineses de porcos que tentam resolver o problema da falta de carne no mercado, muito por culpa da gripe suína africana dizimou milhões de animais.

A gripe suína africana matou cerca de metade da produção de suínos da China. Além dos animais que morreram directamente devido à doença, os produtores foram obrigados a matar entre 250 a 300 milhões de porcos para impedir o contágio.

A situação é de tal forma dramática que já está a reflectir-se nos preços, com um aumento de 70% na China. Mas este agravamento de preços deve sentir-se em breve a nível global.

Entretanto, os preços dos leitões e das porcas reprodutoras também subiram, o que dificulta a tarefa dos agricultores que pretendem reforçar a produção dos animais, para dar resposta à falta de carne que já se sente no mercado.

A solução mais fácil passa, assim, por engordar os porcos que já têm, tentando lucrar o máximo possível com eles. E há animais que estão a atingir pesos de 500 quilos, mais fazendo lembrar ursos polares. A média habitual de peso de um porco ronda entre os 130 e os 300 quilos.

Um porco de 500 quilos pode render 10 mil yuan (mais de 1200 euros) no matadouro, conforme avança a agência Bloomberg, notando que é “três vezes mais” do que o rendimento médio mensal em Nanning, cidade na província de Guangxi onde vivem alguns dos principais produtores de porcos da China.

A China é o maior consumidor mundial de carne de porco, com mais de metade do consumo global.

O Governo chinês prevê uma situação de falta “severa” de carne de porco no primeiro semestre de 2020, vaticinando que haverá um défice de 10 milhões de toneladas deste tipo de alimento.

Pequenos e grandes produtores procuram contornar esse cenário apostando na criação de porcos cada vez mais maiores, procurando aumentar o seu peso em 14%, com vista a terem um incremento de 30% nos lucros, segundo a agência Bloomberg.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × 3 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.