Logo paivense
Logo paivense

Álvaro Sobrinho suspeito de lavar dinheiro do BES Angola no Sporting

Tiago Petinga / Lusa

O empresário angolano Álvaro Sobrinho

Em causa está o aumento de capital da Sporting SAD, realizado em 2014, no qual a Holdimo, do ex-presidente do BES Angola Álvaro Sobrinho, passou a deter quase 30% do capital social.

Os investimentos de Álvaro Sobrinho, ex-presidente do BES Angola (BESA), no Sporting CP são um dos assuntos que estão a ser investigados pela Polícia Judiciária, que esta segunda-feira fez buscas nas sedes das SAD do Benfica, do Sporting e do Santa Clara.

As autoridades investigam a possibilidade de ter havido branqueamento de capitais entre 2011 e 2014. O processo estará relacionado com a entrada de capital na SAD por parte de Sobrinho, através da empresa Holdimo.

Álvaro Sobrinho terá lavado no Sporting CP 20 milhões de euros alegadamente desviados do BESA, avança o Correio da Manhã. O dinheiro terá tido origem nos financiamentos do BES ao BESA, caso que está a ser investigado num outro processo aberto em 2011.

A operação que levantou suspeitas na PJ foi o aumento de capital da Sporting SAD, em 2014, em que a Holdimo passou a deter quase 30% do capital da SAD ‘leonina’. O CM explica que a sociedade controlada por Sobrinho conseguiu isto através da conversão do crédito de 20 milhões de euros que detinha sobre a SAD leonina em novas ações de igual valor.

O crédito que a Holdimo tinha sobre a Sporting SAD resultou de direitos económicos de jogadores. A sociedade em que Álvaro Sobrinho detém uma participação de 99% tinha um contrato de parceria com o emblema de Alvalade.


Fonte: ZAP