Logo paivense
Logo paivense

Faz amanhã 17 anos que a ponte de Entre-os-Rios caiu e vitimou 59 pessoas

4 de março de 2001 marcou para sempre Castelo de Paiva. O quarto pilar da Ponte Hintze Ribeiro ruiu, provocando a queda parcial da estrutura do tabuleiro da ponte.

Este ano, a data vai ser assinalada com o lançamento de 59 rosas ao rio Douro, um gesto que tem por objetivo manter viva a memória dos que partiram nesta data.

Seguia um autocarro com 53 pessoas a bordo que tinham ido passar um dia diferente numa excursão às Amendoeiras em Flor. Mais três viaturas ligeiras, com seis pessoas, atravessavam a ponto. Um total de 59 pessoas foram atiradas às turbulentas águas do rio Douro. Todas perderam a vida.

Foi uma desgraça que, tal como as pessoas que faleceram, morreu sem culpa atribuída. O mesmo se pode dizer às responsabilidades pela tragédia.

No ano passado, o presidente da República veio até Entre-os-Rios para homenagear, também, as vítimas da tragédia, bem como professar palavras de força e fé para os familiares daqueles que partiram em 2001.