Logo paivense
Logo paivense

Amazon está a usar a astrologia para nos vender os seus produtos

A Amazon Prime lançou uma nova newsletter, na qual envia mensalmente horóscopos de compras para os seus utilizadores. As escolhas dos produtos são feitas de acordo com o signo do consumidor.

O capitalismo já chegou ao zodíaco. No site da Amazon Prime, já é possível ver qual dos produtos da marca mais se adequam ao seu signo. A escolha é feita mensalmente pela redatora e editora da Amazon Prime Insider, Anna Katz.

No seu site profissional, Anna Katz não se identifica como astróloga, em momento algum. A autora é uma ghostwriter — pessoa que, tendo escrito uma obra ou texto, não recebe os créditos de autoria — de vários livros.

Aos clientes do signo Carneiro, a newsletter recomenda produtos para a casa da Amazon Home. “Os seus poderes psíquicos e intuitivos estão em alta este mês, querido Carneiro. Tudo o que precisa de fazer é sentar-se e relaxar — talvez num confortável sofá novo, embrulhado num novo e aconchegante cobertor da Amazon Home”.

Apesar de as ligações entre o horóscopo e os produtos recomendados não parecerem fazer grande sentido, as sugestões continuam pelo zodíaco fora. Os utilizadores do signo Caranguejo são aconselhados a “explorar” as suas opções este mês, mas sem se comprometerem. De alguma forma, isto significa investir na linha de produtos para a pele da Amazon, a Belei.

Para os outros signos são feitas recomendações como filmes da Amazon Prime Video, vestuário, revistas da Prime Reading e playlists primaveris do Prime Music. Todos os serviços da Amazon parecem sempre encaixar nas ‘necessidades astrais’ dos seus consumidores.

Este é já o terceiro mês em que são enviadas as escolhas da empresa, o que mostra que talvez a estratégia da Amazon esteja a dar os frutos que esperava.

A astrologia e os horóscopos são levados a sério por muitas pessoas. Só nos Estados Unidos, segundo a Fast Company, os americanos gastaram, em 2018, 2,2 mil milhões de dólares em “serviços místicos”. A nova tendência levou à criação de startups de orientação e aconselhamento astral.

Fonte: ZAP