Logo paivense
Logo paivense

André Henriques (Linda Martini) e Luís Severo ‘Inventa…m’ música no Tâmega e Sousa

Em abono da verdade, o vencedor da Liga dos Campeões foi o festival Inventa! A expressão é enigmática, mas fácil de traduzir: o espetáculo de abertura do programa cultural que se dispõe a animar 14 concelhos do território do Tâmega e Sousa conseguiu ultrapassar um adversário de monta no dia 29 de maio, pois foram vários os que substituíram o ecrã pelo cenário majestoso junto à Ponte Mosteirô (ligação Baião – Cinfães) para ver a Orquestra do Norte, a Crassh (percussão, movimento e comédia visual) e a companhia basca de teatro de rua Deabru Beltzak. Foram as primeiras três atuações ao vivo de um programa que contempla 51 apresentações de espetáculos em toda a região. O programa tem continuidade nos próximos dias 11 e 12 de junho.

Ciclo de Música ao Luar – ‘Serenatas duplas e simultâneas’ a 11 e 12 de junho

A penumbra foi sempre um elemento inspirador das artes. O Ciclo de Música ao Luar é o capítulo que se segue na prossecução do programa do festival Inventa. Neste primeiro episódio de uma série de 14 espetáculos, a que correspondem 7 artistas, André Henriques será o pioneiro. O elemento nuclear dos incontornáveis Linda Martini vai apresentar-se a solo em dois locais do território, tal como outra das revelações da música nacional: Luís Severo.

Deste modo, um dos sítios míticos da região, a Nossa Senhora do Salto ou Senhora do Salto, como é vulgarmente conhecida, no concelho de Paredes, acolhe André Henriques, na próxima sexta-feira, dia 11 de junho, pelas 21h30. Luís Severo, por seu turno, atua na Serra da Cabreira, dito de forma mais específica, na Aldeia de Bucos, à mesma hora e no mesmo dia.

No dia seguinte, sábado, 12 de junho, o líder dos Linda Martini apresenta-se no Vale do Bestança, no Parque de Lazer de Pias, no concelho de Cinfães, também às 21h30. Nesta alternância de sugestões, Luís Severo, o cantor aclamado pela crítica graças à qualidade patenteada no álbum “Cara d’Anjo”, de 2015, apresenta-se na Aldeia de Codeçais, em Felgueiras, à mesma hora.

Na calha para os próximos dias 25 e 26 de junho estarão Peixe (Ornatos Violeta), Cristóvam e Marinho. A música destes artistas nacionais vai espalhar-se por paragens de diferentes concelhos como Resende, Paços de Ferreira, Celorico de Basto, Mondim de Basto, Marco de Canaveses e Penafiel.

Importa destacar que o Ciclo de Música ao Luar valoriza a aposta em projetos emergentes da música nacional. A combinação entre os artistas participantes e as paisagens naturais dos concelhos onde os músicos irão atuar confere ao conceito uma ideia de fusão e harmonia quase perfeita. Entre os locais encontram-se parques naturais, paisagens protegidas, espaços envolventes a áreas arqueológicas e outras edificações classificadas que servem de cenário para concertos intimistas ao luar, para ver, ouvir e sentir ao longo de três fins de semana.

O Inventa é um projeto promovido no âmbito da operação Cultura em Rede – Tâmega e Sousa, sendo cofinanciado pelo NORTE 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.