Logo paivense
Logo paivense

Arouca: Câmara requalifica 10 percursos pedestres

A Câmara Municipal de Arouca está a requalificar a rede municipal de percursos pedestres (PR), com o objetivo de melhorar a respetiva experiência de visitação. Esta intervenção decorre no âmbito da candidatura «À Descoberta do Arouca Geopark – Rebranding & Walking» e deverá estar concluída em breve. Financiada pelo programa Valorizar, do Turismo de Portugal, contempla a beneficiação, colocação de sinalética e remarcação dos percursos.

Neste âmbito, também está a ser preparado o novo percurso pedestre na freguesia de Mansores a inaugurar na primavera (contemplado numa outra candidatura designada “Arouca Geopark – Santuário da Natureza”, do programa Norte 2020), e a ser intervencionado o GR 28 – Por Montes e Vales e o Passadiço do acesso ao Geossítio de S. Pedro Velho.

A candidatura «À Descoberta do Arouca Geopark – Rebranding & Walking» inclui ainda a criação de uma base logística de apoio ao turismo de Natureza nos Viveiros da Granja (Serra da Freita). O investimento total é de 768.608,55 €, cofinanciado em 52,04% (400 mil euros).

Os percursos pedestres são uma das atrações turísticas mais procuradas pelos visitantes do Arouca Geopark.

Os percursos que vão ser requalificados são:

.PR1 – Caminhos do Montemuro
· PR2 – Caminhos do Vale do Urtigosa
· PR3 – Caminhos do Sol Nascente
· PR4 – Cercanias da Freita
· PR6 – Caminho do Carteiro
· PR7 – Nas Escarpas da Mizarela
· PR8 – Rota do Ouro Negro
· PR10 – Rota dos Aromas
· PR13 – Na Senda do Paivó
· PR14 – A Aldeia Mágica
· PR15 – Viagem à Pré-História
· PR16 – S. Pedro Velho (anteriormente designado Caminhada Exótica)

LEIA MAIS: Após cinco meses dos incêndios Altice ainda não repôs as comunicações no lugar do Paraíso