Logo paivense
Logo paivense

Brasil culpa a China pelo caos e China faz ameaça

O presidente do Brasil Jair Bolsonaro acusou a China pelo coronavírus a dizer que foi intensional.


O filho do presidente, Eduardo Bolsonaro, que atua como chanceler informal do governo e foi cotado para ser embaixador do Brasil em Washington, escreveu uma mensagem em que responsabilizou a China pela disseminação global do coronavírus:


“Quem assistiu Chernobyl vai entender o q ocorreu.Substitua a usina nuclear pelo coronavírus e a ditadura soviética pela chinesa. Mais uma ditadura preferiu esconder algo grave a expor tendo desgaste, mas q salvaria inúmeras vidas A culpa é da China e liberdade seria a solução”, escreveu Eduardo no Twitter.

O governo chinês não gostou nada disso e exigiu desculpas públicas pelas acusações e, até este momento, não teve respostas do governo brasileiro.

“A parte chinesa repudia veementemente as suas palavras, e exige que as retire imediatamente e peça uma desculpa ao povo chinês. Vou protestar e manifestar a nossa indignação junto ao Itamaraty e a Câmara dos Deputados”, disse Yang no Twitter.
“As suas palavras são um insulto maléfico contra a China e o povo chinês. Tal atitude flagrante anti-China não condiz  com o seu estatuto como deputado federal, nem a sua qualidade como uma figura pública especial.  Além disso, vão ferir a relação amistosa China-Brasil”, acrescentou.

Lembrando que a China é hoje o maior cliente do Brasil chegando a comprar a maioria da carne e soja do país.