Início Castelo de Paiva 16ª edição da Feira Hortícola promove integração entre a comunidade escolar e...

16ª edição da Feira Hortícola promove integração entre a comunidade escolar e a sociedade paivense

Abrir a escola à comunidade é o objectivo da iniciativa, afirmam os organizadores.

COMPARTILHAR

O Agrupamento de Escolas de Castelo de Paiva, realizou no espaço da Escola Secundária, a 16ª edição da Feira Hortícola, que é uma iniciativa anual em que a escola se abre à comunidade e possibilita a compra de produtos frescos e ao mesmo tempo potencia um animado convívio entre professores, alunos e encarregados de educação, permitindo a angariação de fundos para as actividades das diversas escolas deste agrupamento.

Esta edição contou com a presença de cerca de 100 turmas com as respectivas bancas de venda, que apesar da chuva, acomodou a todos no espaço do auditório da escola.

Deste modo, o Agrupamento Vertical de Escolas de Castelo de Paiva promove, como tem acontecido nos últimos anos uma acção integrante do seu Plano de Actividades, que visa reunir a comunidade escolar e a comunidade cívica em esforços conjuntos na angariação de fundos, para actividades escolares diversas, a realizar pelos alunos e professores. 

Acompanhado pela directora deste Agrupamento Escolar, Beatriz Silva, e outros responsáveis escolares, para além do pároco local, Reverendo Fernando Sérgio, e o presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação, Paulo Teixeira, o presidente da Câmara Municipal, Gonçalo Rocha, que esteve acompanhado dos Vereadores José Carvalho e Manuel Junot, marcou presença no evento, e elogiou a envolvência conseguida entre alunos, pais e pessoal docente, ao ponto de considerar que se trata de um encontro de gerações que valoriza a comunidade local.

Beatriz Silva considerou muito positiva esta jornada, mesmo tendo em conta a questão da instabilidade do tempo, que não permitiu a utilização de espaços exteriores, por aproximar ainda mais a escola de toda à comunidade local.

Houve apresentação de toda a variedade de produtos agrícolas, guloseimas, doçaria tradicional, petiscos tradicionais, animais domésticos, vinhos da região.

Para além dos produtos hortícolas e da gastronomia, também foram apresentados trabalhos manuais realizados nas diversas escolas, entre produtos manufacturados e tantos outros, que motivaram sorteios/ rifas e leilões neste objectivo comum de angariação de fundos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

twenty − 7 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.