Início Ciência Uma aplicação sabia que um terramoto ia atingir a Califórnia antes de...

Uma aplicação sabia que um terramoto ia atingir a Califórnia antes de acontecer

Algumas pessoas em Los Angeles sabiam sobre o terramoto que abalou a Califórnia na quinta-feira antes mesmo de este acontecer.

Aqueles que tinham a aplicação beta Quake Alert nos smartphones receberam um aviso de 30 segundos antes do tremor chegar às 12:29 da tarde (19:29 em Portugal). O terramoto de magnitude 5,3 atingiu cerca de 61 quilómetros da costa da Califórnia na quinta-feira, de acordo com o Serviço Geológico dos EUA (USGS).

“Esse foi o primeiro terramoto que eu senti desde que tive acesso à aplicação”, disseAlissa Walker, editora do blog imobiliário Curbed. “Eu tive 34 segundos de aviso – tempo suficiente para derrubar, cobrir e segurar – que teria feito se soubesse que o tremor seria forte”.

A aplicação funciona graças a uma rede de sensores sísmicos que detetam ondas P – a primeira energia que irradia de um terramoto, de acordo com a Early Warning Labs, uma empresa de Santa Mónica que trabalha com o USGS em sistemas de alerta antecipado. Os sensores sísmicos também detetam a localização e a magnitude do terramoto.

Uma vez que as ondas P longitudinais – abreviação de ondas de pressão – são detetadas, a aplicação envia um aviso antes que a onda S mais potente, ou onda de cisalhamento, chegue, o que geralmente causa o maior dano.

As advertências também são enviadas a funcionários públicos locais e estaduais de resposta a emergências, infraestrutura (como linhas de gás, sistemas de metro e usinas elétricas) e a empresas privadas e ao público, segundo o Early Warning Labs.

Sistemas de alerta antecipado para terramotos já foram implementados noutros países, incluindo Japão, Taiwan e México. Na verdade, as pessoas no México tiveram um aviso de 60 segundos antes do terramoto de magnitude 8,1 que atingiu o país a 8 de setembro de 2017, informou a Curbed Los Angeles.

Mesmo que seja apenas alguns segundos, o aviso pode dar tempo às pessoas para se baixarem, cobrirem e segurarem antes que o terramoto aconteça. Também pode avisar as pessoas que operam veículos ou equipamentos pesados ​​para desacelerar e parar, especialmente se estão prestes a dirigir num viaduto, túnel ou ponte.

Além disso, a advertência pode dar aos trabalhadores de emergência, incluindo bombeiros, tempo suficiente para abrir as portas da estação.

Durante o terramoto de Northridge em 1994, “os carros de bombeiros na área imediata não conseguiram sair e os carros estavam a conduzir de estação em estação para cortar outros carros e não responder a chamadas“, Chase Rief, que trabalha na aplicação, disse a Curbed Los Angeles.

As pessoas podem se inscrever para a versão beta do Quake Alert aqui, mas esta não é a única aplucação de alerta de terramotos lá fora. O MyShake usa o acelerómetro em smartphones para captar e interpretar a atividade sísmica nas proximidades, para que possa avisar os utilizadores em tempo real.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × 3 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.