Início Ciência Pessoas criativas têm 90% mais de probabilidade de ter esquizofrenia

Pessoas criativas têm 90% mais de probabilidade de ter esquizofrenia

JustCallMe_♥Bethy♥_ / Flickr

Um grupo de cientistas da Universidade de Cambridge encontrou uma forte ligação entre formação em artes e o transtorno bipolar, depressão e esquizofrenia.

Um estudo publicado no final de abril no The British Journal of Psychiatry aponta para uma forte ligação entre uma formação superior ligada às artes e o transtorno bipolar, depressão e esquizofrenia.

No caso desta última, a esquizofrenia, a probabilidade quase duplica em relação ao resto da população.

Não é novidade para os cientistas que o cérebro de pessoas criativas funciona de forma diferente e é precisamente esta diferença que, acreditam os investigadores, as torna mais suscetíveis a problemas de saúde mental, de acordo com a revista Visão.

O estudo incidiu apenas sobre a população sueca e revelou que os suecos que tinham estudado música, representação ou arte ao nível do ensino superior tinham também mais doenças do foro psiquiátrico do que os restantes, em comparação com os que tinham estudado direito, por exemplo.

“A criatividade envolve frequentemente a ligação de ideias ou conceitos de uma forma que as outras pessoas não se lembrariam”, explica James McCabe, autor do estudo, num artigo publicado na New Scientist. “Mas isso é semelhante à forma como o delírio funciona – por exemplo, conseguir encontrar uma ligação entre a cor da roupa de uma pessoa e fazer parte de uma conspiração do MI5 – o serviço britânico de informações.”

O autor acredita que a mesma diferença que torna as pessoas criativas pode estar ligada a fatores que as tornam mais propensas a ter problemas de saúde mental. Ou então, é também possível que as pessoas particularmente sensíveis à arte – ou artistas – tenham um maior risco de instabilidade emocional.

“Alguém que se comova a olhar para uma pintura pode ter maior sensibilidade artística mas também ser mais vulnerável à depressão“, diz McCabe.

O estudo concluiu que além de terem 90% mais probabilidades de vir a ter esquizofrenia, os criativos têm também 62% maior probabilidade de sofrer transtorno bipolar e mais 39% no caso da depressão.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

twelve − 1 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.