Um grupo de cientistas chineses desenvolveu um tipo de plástico que se decompõe em águas do mar, sem deixar resíduos, visando combater a poluição dos oceanos, informou a agência noticiosa oficial chinesa Xinhua.

A decomposição do material, composto por poliéster, em água marinha, pode demorar entre alguns dias a vários meses, gerando pequenas moléculas que não causam poluição, segundo Wang Gexia, engenheiro do Instituto Técnico de Física e Química da Academia Chinesa de Ciências, citado pela Xinhua.

“Durante muito tempo, as pessoas preocuparam-se com a contaminação do plástico apenas nos solos. A poluição dos mares apenas teve a atenção das pessoas nos últimos anos, com as notícias de animais marinhos mortos”, afirmou.

Os cientistas combinaram hidrólise não enzimática, dissolução na água e processos biodegradáveis para gerar o novo material.

Todos os anos, cerca de 4,8 milhões a 12,7 mil milhões de toneladas de resíduos plásticos vão parar aos mares, representando cerca de 60 a 70% de todos os poluentes sólidos nos oceanos, apontam vários cientistas citados no XinhuaNet.

Devido às atividades humanas e Às correntes oceânicas, a maior parte do lixo está concentrado no norte e sul do Pacífico e do Atlântico e também no Oceano Índico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × two =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.