Nir-Shlomo Zelinger

A aldeia bíblica de Betsaida, em Israel, que foi amaldiçoada por Jesus Cristo, está inundada devido à subida do nível das águas do Mar da Galileia.

Com a pandemia de covid-19, muitos interromperam a sua atividade para bem da saúde pública e os investigadores científicos não foram exceção. Agora, com o regresso gradual à normalidade, os cientistas vão voltando às pesquisas que deixaram para trás.

Uma equipa de investigadores em Israel ficou surpreendida quando ao regressar ao sítio arqueológico onde estavam a trabalhar, descobriram que este estava inundado. Trata-se da localização da antiga aldeia de Betsaida, onde nasceram três apóstolos de Jesus Cristo: Pedro, André e Filipe.

Este foi também o local onde Jesus protagonizou o milagre da multiplicação dos pães e peixes. Jesus acabaria por amaldiçoar Betsaida, porque os seus habitantes recusaram arrepender-se, escreve o portal Ancient-Origins.

Betsaida era uma povoação pesqueira a nordeste do Mar da Galileia. Este ano, com a subida do nível das águas, o local ficou inundado. Desta forma, as escavações planeadas não podem avançar e foram interrompidas. “Não me lembro de nada assim nos últimos 30 anos”, disse Moti Aviam, o arqueólogo que lidera a equipa de investigação.

“De momento, a água está 80 centímetros acima do mosaico da igreja bizantina”, salienta Aviam em declarações ao The Christian Post. Felizmente, a água que está sobre a igreja não vai danificá-la.

A equipa de investigadores acredita que esta se trata da Igreja dos Apóstolos, tendo alegadamente sido construída por cima das casas de Pedro e André. Os arqueólogos realçam que as ruínas existentes encaixam na descrição feita sobre a igreja por um bispo alemão do século VIII d.C.

“Na minha opinião, as inundações fortalecem a nossa teoria de que el-Araj era o local de Betsaida”, disse o líder da investigação em declarações ao portal Hareetz. A inundação do local histórico mostra que estava perto do lago, especialmente durante o período romano, quando os discípulos nasceram. Há outras teorias de que Betsaida não seria em el-Araj, mas sim noutro local mais distante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × one =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.