Narendra Shrestha / EPA

Uma empresa espanhola de tecidos criou uma nova máscara de proteção que muda de cor se a temperatura corporal aumentar.

Uma empresa têxtil espanhola desenvolveu uma máscara inovadora que muda de cor caso a temperatura corporal atinja os 37,5 ºC. Além disso, este equipamento de proteção individual tem uma filtração bacteriana de 98%, o que ajuda a detetar pessoas com covid-19.

De acordo com a agência EFE, o tecido foi patenteado pela empresa Colorprint Fashion, sediada em Muro d’Alcoi, em Espanha. A tecnologia já foi homologada pelo Instituto Tecnológico Têxtil (AITEX), que certificou a durabilidade e a eficácia do produto na prevenção do novo coronavírus.

“Com o conhecimento e a tecnologia para desenvolver produtos têxteis inovadores e funcionais e, perante esta situação, não podíamos ficar de braços cruzados. Era hora de apresentar soluções”, disse o fundador da Colorprint, Rafael Torregrosa.

A empresa vai produzir máscaras e utilizar a tecnologia para criar outros objetos capazes de detetar rapidamente o aumento da temperatura, como pulseiras ou adesivos.

Torregrosa diz que o material “está a ter uma ótima receção” e espera que os produtos “facilitem o trabalho dos profissionais de saúde, além de ajudar a detetar possíveis infeções e impedir, a partir daí, a propagação do vírus”.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

20 + 2 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.