Início Cinfães Vinho Verde Wine Experience vai até Baião para conhecer os vinhos da...

Vinho Verde Wine Experience vai até Baião para conhecer os vinhos da região

COMPARTILHAR

Depois de Castelo de Paiva ter acolhido o Vinho Verde Wine Experience, na Quinta do Outeiro de Bairros, agora é a vez de Baião mostrar os vinhos da sua região. O evento realiza-se sexta-feira, dia 16, no Restaurante de Tormes, integrado na Fundação Eça de Queiroz, sediada na Casa de Tormes.

O evento é destinado apenas àqueles que possuem convite, tendo como objetivo divulgar os vinhos a influenciadores de opinião, bem como apreciadores de vinho, como jornalistas, bloggers, críticos de gastronomia e vinhos, wine lovers, entre outros.

 

As castas da sub-região de Baião que os especialistas vão ter a honra de provar foram selecionadas pelo enólogo João Costa. Conta  no seu currículo com passagens pela Quinta do Sagrado, propriedade da família Cálem, Hotel Six Senses Douro Valley, Caves da Raposeira, Caves da Murganheira, CARM – Casa Agrícola Roboredo Madeira, Niepoort Vinhos e Real Companhia Velha. No estrangeiro, destacam-se as suas incursões em adegas da Nova Zelândia, África do Sul, Estados Unidos da América e Austrália.

Constituída pelos concelhos de Baião, Resende (exceto a freguesia de Barrô) e Cinfães (exceto as freguesias de Travanca e Souselo), a sub-região de Baião situa-se no interior da Região dos Vinhos Verdes, fazendo fronteira com a Região do Douro.

As condições edafoclimáticas permitem o amadurecimento correto das castas de maturação mais tardia, como o azal, o avesso e o amaral. Mas é do avesso que vem a fama desta sub-região e que lhe tem permitido granjear notoriedade na produção de vinhos brancos a partir desta casta, juntando o aroma intenso e frutado a uma acidez viva.

A acompanhar estes vinhos, que pedem um bom respasto, o receituário queirosiano, apanágio do Restaurante de Tormes, reinterpretado neste jantar pelo conceituado chef Nuno Diniz. Já dirigiu as cozinhas do restaurante Tágide, do Hotel Santa Margarida, do Grémio Literário, do Rota das Sedas e da casa de hóspedes York House, sendo ainda consultor dos restaurantes Volver, Adega dos Apalaches e Expressões. Nuno Diniz é também professor na Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa e autor de crónicas gastronómicas em algumas revistas.

A Casa de Tormes manteve um riquíssimo espólio de pertences do escritor, entre os quais a famosa secretária onde escrevia e a cadeira que descreveu naquele romance e que era a única onde se sentava.

Foi nesta casa que o escritor Eça de Queiroz se inspirou para escrever A Cidade e as Serras, um dos seus mais célebres romances. A casa calhou-lhe por herança e ali se deslocou para tratar da mesma.

LEIA MAIS:

Quinta do Outeiro recebeu TâmegaSousa Vinho Verde Wine Experience

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

eleven + fifteen =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.