Logo paivense
Logo paivense

Companhia do Chapitô inicia a 02 de março digressão internacional de “Electra”

A Companhia do Chapitô inicia, no dia 02 de março, uma digressão com a peça “Electra”, com um total de 21 espetáculos, 19 dos quais em Espanha.

Depois de ter estado em cena no Teatro da Trindade, no início deste mês, integrada na segunda edição do Festival da Antena 2, a Companhia do Chapitô inicia, a 02 de março, em Madrid, uma digressão por quatro regiões espanholas.

Na capital espanhola, a Companhia dará quatro récitas da peça – nos dias 02, 04 e 09 de março e em 19 de maio.

De Madrid, a companhia seguirá para o País Basco, onde atuará de 14 a 18 de março.

De 10 a 14 de abril, a peça estará em cena em cinco cidades da região de Castela e Leão, onde voltará nos dias 10, 12 e 18 de maio.

A 25 e 26 de maio, será a vez de se apresentar em duas localidades da Galiza com um espetáculo em cada localidade.

Pelo meio, “Electra” ainda será apresentada em Portugal. Em Benavente, a 15 de abril, e em Lousada, a 23 de abril.

Com direção de Cláudia Nóvoa e José Carlos Garcia, “Electra” é uma adaptação da tragédia homónima de Eurípides, e das suas diferentes versões, só que representada em estilo de comédia, e encenada apenas com colheres de sopa como adereço.

No palco vão estar três atores – Jorge Cruz, Nádia Santos e Tiago Viegas – que dão corpo às diferentes personagens.

A ação da peça centra-se em Electra, que dança até morrer e que mata a mãe, com a ajuda do irmão, porque esta matara o marido com a ajuda do amante.

Equador, Peru, Colômbia, Cuba e Rússia, em S. Petersburgo, são outras etapas na digressão da peça sem que haja ainda datas marcadas, disse à Lusa fonte da Companhia.