flun1tr4z3p4m / Flickr

O adiamento da maioria dos festivais de música vai ter um impacto superior a 1,6 mil milhões de euros na economia, um valor que equivale a um ano de exportações de todo o setor do calçado.

A economia portuguesa deverá perder 1,6 mil milhões de euros devido ao cancelamento da maioria dos festivais de música, adianta esta quinta-feira o Jornal de Notícias, que cita um relatório anual da Associação Portuguesa de Festivais de Música (APORFEST).

Este montante é equivalente às exportações anuais do setor do calçado e cerca de 0,8% do PIB de 2019.

O diário refere que está em causa uma queda do volume de negócios na ordem dos 80% nas empresas que operam indiretamente neste setor. Os quase 300 festivais que existiam em Portugal geraram, no ano passado, cerca de dois mil milhões de euros sendo que, em 2020, o volume de negócios não deverá ultrapassar os 400 milhões de euros.

As empresas do ramo estão a sair prejudicadas, assim como o setor da hotelaria e transportes. O JN escreve ainda que o setor da cultura emprega 130 mil pessoas, “agora quase todas sem emprego”.


Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

3 × three =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.