Logo paivense
Logo paivense

Descoberta nova espécie de tubarão com olhos de desenho animado

(dr) MarAlliance

Squalus clarkae

Cientistas encontraram no golfo do México, perto do litoral da Florida, uma nova espécie de tubarão de olhos grandes, uma criatura peculiar que parece um desenho animado.

As espécies recém-identificadas, Squalus clarkae, adquiriram este nome em homenagem à bióloga marinha Eugenie Clark, conhecida como a Dama dos Tubarões. Apesar do nome “tubarão” fazer ressoar o sinal de alarme, estes animais são relativamente pequenos, medindo normalmente cerca de 50 a 70 centímetros de comprimento.

A mais recente espécie foi previamente classificada como Squalus mitsukurii, uma espécie de cação nativa do Japão. No entanto, testes genéticos e uma análise mais detalhada das suas características físicas revelaram que S. clarkae é diferente do seu parente japonês.

Mas estes animais são um verdadeiro mistério. Os cientistas ressaltaram que as 20 espécies de tubarões pertencentes ao género Squalus, representam um grande enigma, e precisam não só de ser estudadas, como também de ser protegidas.

Os especialistas temem que a população de tubarões esteja ameaçada pelas pescarias comerciais de mar profundo, que capturam os tubarões acidentalmente, como capturas acessórias.

Assim, “a investigação torna-se essencial para a conservação dos tubarões”, disse a cientista marinha Mariah Pfleger e principal autora do artigo científico, publicado no Biotaxa. “O primeiro passo para conservar com sucesso estas espécies que vivem em águas mais profundas é descobrir o que está lá em baixo em primeiro lugar.”

Eugenie Clark faleceu em 2015 aos 92 anos de idade. A Dama dos Tubarões iniciou a sua sua carreira no final da década de 1940, tendo sido uma das primeiras biólogas marinhas do sexo feminino e uma das primeiras pessoas a estudar tubarões.

Em 1955, Clark fundou o Cape Haze Marine Laboratory, um laboratório com apenas uma sala que se tornou internacionalmente reconhecido como Mote Marine Laboratory, em 1967.