Logo paivense
Logo paivense

Descobertos mais esquemas na Assembléia da República

Assembleia da República de Portugal, se for o protótipo de quem a elegeu,faz da maioria de nós um povo sem princípios, servindo-se dos meios mais mesquinhos para obterem lucro, lucro, quantas vezes ridículo em comparação com as regalias legais do cargo,deputado da República.
Foi dada recentemente à estampa de que o até à descoberta da marosca, o imaculado José Silvano, eleito nas listas do PSD contrariava as leis da física e conseguia estar em mais que um lugar no mesmo momento.
Há, neste caso, uma maioria silenciosa em volta do facto, o que indicia que a que deveria ser a casa da democracia de Portugal,está pejada de artistas receosos de que o novelo comece a desenrolar-se e nos mostre mais alguns pecados semelhantes a este de marcação de presenças falsas, e de moradas erradas.
Rui Rio, veio,agora, dizer que não abandona um amigo, é o mesmo que dizer que por amizade cobrirá falcatruas, Rui Rio, deveria antes do mais constituir-se como amigo de quem o elegeu para que encontrasse formas políticas que facultassem aos Portugueses uma vida melhor, mais saúde,mais educação,mais emprego, emprego para todos não só para os amigos.

Manuel Vieira 


  • Espaço livre para publicações de crónicas e poemas. Os textos não são editados nem alterados.
  • A responsabilidade pelo texto aqui redigido é inteiramente do autor e seu envio é registado via assinatura digital. 
  • Tens uma crónica ou um poema? Enviem-nos para info@paivense.pt ou por mensagem em nossa página no Facebook