Início Desporto Afinal, a Google cedeu dados de bloggers ao Benfica

Afinal, a Google cedeu dados de bloggers ao Benfica

COMPARTILHAR

Steven Governo / Lusa

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira

O Benfica chegou a acordo com a Google para a obtenção da identidade dos autores de blogues que divulgaram emails roubados ao clube. Os encarnados terão desistido da acção contra a gigante tecnológica.

O Jornal de Notícias tinha reportado que a justiça norte-americana arquivou as queixas apresentadas pelo Benfica contra empresas tecnológicas, entre as quais a Google, no âmbito do chamado caso dos emails, rejeitando assim entregar os nomes dos bloggers envolvidos.

Mas o Correio da Manhã (CM) avança que o Benfica desistiu da queixa contra a Google, depois de ter chegado a acordo com a gigante norte-americana e de esta se ter predisposto a facultar ao clube os dados dos autores dos blogues que divulgaram os emails roubados.

O Benfica já estará na posse da identificação dos autores dos blogues ‘O Artista do Dia’, o ‘Mister do Café’ e o ‘Estado da Nação’, que estarão “alegadamente ligados ao Sporting e ao FC Porto”, segundo o CM.

As pessoas por trás destes blogues vão, agora, ser alvo de acções cíveis e criminais movidas pelo Benfica, frisa o mesmo jornal.

O acordo assinado entre o Benfica e a Google determina, ainda, que no caso de serem publicados novos dados confidenciais do clube, estes sejam “de imediato apagados”.

Por apurar está o autor ou autores do blogue ‘Mercado de Benfica’ que está alojado na plataforma WordPress. O CM nota que também neste caso, o Benfica pretende “obter a identidade do autor”, chegando a acordo com a empresa.

O chamado caso dos emails envolve suspeitas de corrupção e já levou à constituição como arguido de Paulo Gonçalves, ex-assessor jurídico do Benfica. Também a SAD do Benfica já foi constituída arguida no chamado processo e-Toupeira.

Os emails foram inicialmente divulgados pelo director de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, no Porto Canal. Ele já foi constituído arguido num inquérito que resultou do processo judicial principal, no âmbito das circunstâncias de obtenção dos emails.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

thirteen − twelve =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.