Início Desporto Construtora do pavilhão pede penhora imediata das contas da Sporting SAD

Construtora do pavilhão pede penhora imediata das contas da Sporting SAD

COMPARTILHAR

Nuno Fox / Lusa

Bruno de Carvalho, antigo presidente do Sporting

A empresa Ferreira e Construções S.A, responsável pela construção do pavilhão João Rocha, pediu a penhora imediata das contas da Sporting SAD de forma a garantir o pagamento de 4,5 milhões de euros.

De acordo com o Correio da Manhã, que avança a notícia nesta quarta-feira, a empresa apresentou uma queixa por burla contra o ex-presidente Bruno de Carvalho e os restantes elementos da sua direção.

O atual presidente do Sporting, Frederico Varandas, e os seus “vices” Salgado Zenha e Filipe Osório de Castro são também alvo de queixas por terem recusado saldar as dívidas, após a destituição da anterior direção leonina, escreve o matutino.

Em causa estará o facto de ter sido acionada uma garantia bancária no valor de 375 mil euros por Bruno de Carvalho em dezembro de 2017. Segundo o diário, esta garantia foi meses depois da inauguração do pavilhão sem a construtora ter conhecimento.

Na época, aponta a empresa, ainda faltavam pagar quatro milhões de euros por “obras a mais”, existindo ainda 199 mil euros de faturas ainda não pagas que a atual direção do Sporting se terá, alegadamente, recusado a pagar.

Face a isto, a construtora pede agora que as contas da Sporting SAD sejam de imediato penhoradas para garantir que o património não é delapidado, exigindo também que todos os envolvidos sejam constituídos arguidos, inclusivamente a SAD verde-e-branca, enquanto entidade coletiva. Segundo apurou o CM, a empresa alega na queixa suspeitas de associação criminosa.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

eighteen − thirteen =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.