Logo paivense
Logo paivense

Desvendado o mistério da cabeça de mulher encontrada em Leça da Palmeira

PJ / Facebook

A Polícia Judiciária deteve uma tailandesa por suspeitas de homicídio qualificado e profanação de cadáver, no caso da cabeça de mulher encontrada no areal da praia de Leça da Palmeira, em Matosinhos, no passado dia 7 de Março. Estará em causa um assassinato motivado por dívidas.

A suspeita é uma massagista de 52 anos de nacionalidade tailandesa, como refere o Observador. Haverá outro suspeito de origem asiática, que é marido da mulher detida, mas que terá deixado Portugal, conforme apurou a publicação junto de fonte da Polícia Judiciária (PJ).

Na origem do crime “está a existência de uma dívida da arguida à vítima, que esta insistia em ver saldada”, atesta a Directoria do Norte da PJ em comunicado.

A mulher detida será proprietária de uma casa de massagens em Matosinhos, e a vítima seria sua empregada.

A PJ salienta que a investigação do caso “encontra-se ainda em desenvolvimento”, mas haverá indícios de que a cabeça foi cortada pouco tempo antes de ter sido encontrada, dentro de um saco plástico, na praia, por um funcionário da empresa que faz a recolha do lixo.

O resto do corpo da mulher não foi ainda localizado.

Fonte: ZAP