Logo paivense
Logo paivense

Dia internacional da pessoa com deficiência: Pessoas com deficiência tendem a superar-se.

No dia internacional da pessoa com deficiência, o neurociêntista Fabiano de Abreu, que também é CEO de uma empresa de comunicação, explica como muitas vezes essas pessoas se superam e são excelentes profissionais.”Essas pessoas compensam a deficiência sendo eficientes no que tem de melhor. Aprimoram mais o que não é deficiente para compensar e se posicionar na sociedade. Há também a plasticidade cerebral, provada cientificamente onde conexões reforçam regiões boas para um melhor desempenho e tentar melhorar as regiões danificadas. Faz parte da sobrevivência e é muito útil para aprimorar o que a pessoa tem de melhor compensando a região danificada.”, explica Abreu.Empregando pessoas portadoras de deficiência na sua empresa,Abreu conhece por dentro essa realidade.

Segundo o cientista, “em minha empresa tenho duas pessoas com deficiência, um com deficiência motora e outro com limitação intelectual. Ambos são dedicados, o com deficiência psicológica usa a criatividade de maneira excelente já que falha na cognição e o com dificuldades motoras escreve muito rapidamente e no tempo que consegue estar trabalhando já que costuma sentir dores, faz mais do que muitos que trabalham todo turno.”.

Fabiano de Abreu é apologista de dar as oportunidades merecidas e superar preconceitos.

Para o autor é inclusive muito importante os apoios que são dados às empresas em forma de incentivo à contratação. “Eu acho interessante, inclusive, empresas que se beneficiam dos impostos por contratar pessoas especiais, não sou contra, até porque isso é necessário devido ao preconceito. Acho ainda que, pessoas portadoras de alguma característica especial que bem situadas em ambientes organizacionais adequados,tratarão resultados de excelência e eficiência.”, concluí Abreu.

Últimas Notícias 

Redes social da paivense