Nos últimos dez anos, foram assinados mais de 440 contratos para grandes projetos de investimento, mas a grande maioria (74%) foi direcionada para o litoral do país. O interior recebeu apenas um quarto dos grandes investimentos. 

De acordo com o Diário de Notícias, que avança com os números nesta segunda-feira, dos 443 projetos, apenas 117, ou seja, 26,4% foram para o interior do país, muito longe dos 326 instalados no litoral, correspondendo a quase 74% do total,

Os números constam de uma resposta da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) aos deputados do PSD que, no final de junho, pediram informação detalhada sobre os contratos de investimento, queixando-se da falta de dados estatísticos públicos sobre “a localização dos grandes projetos de investimento e dos benefícios contratados e concedidos pelo Estado”.

Segundo os dados da AICEP, além do número de projetos do litoral dispararem face aos do interior, há também uma disparidade nos valores atribuídos: entre 2008 e o primeiro semestre de 2018, o investimento no interior foi de 1,8 mil milhões de euros, enquanto no litoral chegou quase aos 4,9 mil milhões – mais 3,1 mil milhões.

É de salientar que a AICEP analisa apenas projetos com um investimento superior a 25 milhões de euros ou que sejam de iniciativa de empresas com uma faturação anual consolidada com o grupo em que se insere superior a 75 milhões de euros.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 + 20 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.