Início Economia Há lotes de Tesla novos estacionados por todo o lado (e ninguém...

Há lotes de Tesla novos estacionados por todo o lado (e ninguém sabe porquê)

Lotes de veículos novos da Tesla estão a ser encontrados em locais por todo os EUA. Questões começam a ser levantadas sobre a produção, logística, qualidade e até sobre a real procura do mercado.

Desde julho que centenas de automóveis da Tesla estão a ser encontrados e ninguém sabe até agora porquê. O CEO da fabricante norte-americana, Elon Musk, afirmou tratar-se de “problemas com as entregas“, mas começam a surgir algumas especulações sobre problemas financeiros na empresa.

Segundo o New York Times, um grupo de “detetives” na internet terá encontrado um grande número de carros da Tesla estacionados em lotes e garagens na Califórnia, Nova Jersey, Arizona e outros estados.

Os esforços do grupo – Shorty Air Force – resultaram na identificação destes parques de estacionamento que poderão confirmar os problemas que o CEO da Tesla reconheceu e revelar ainda se a procura pelos carros é tão alta como Elon Musk terá afirmado.

Recentemente, a Tesla afirmou existirem mais de 400 mil clientes em lista de espera para comprar o Modelo 3.

Contudo, desde julho, os carros da Tesla têm aparecido em vários locais. Em Burbank, na Califórnia, existem centenas de carros estacionados. Em Lathrop, 110 quilómetros a leste de São Francisco, a Tesla tem cerca de 400 carros parados num local industrial e um número semelhante apareceu do lado de fora de um prédio próximo.

Segundo o New York Times, os carros são vistos a entrar e a sair do prédio, o que sugere que o local pode ser um ponto de recolha ou uma central de reparações. Para além destes, outros locais foram identificados em Antioch, a nordeste de São Francisco. Recentemente, cerca de 100 Tesla Model 3s apareceram em Bellevue, em Washington.

Dave Arnold, porta-voz da Tesla, afirmou por e-mail que os lotes de veículos encontrados não passavam de “centros de trânsito logístico“, acrescentando que “qualquer um que observe esses lotes verá uma mudança de um dia para o outro”.

Recentemente, através do Twitter, Elon Musk afirmou que a empresa estaria com dificuldades no transporte de carros para os clientes, falando de um “inferno de logística nas entrega”.

Segundo o CEO da Tesla, o problema está na falta de camiões disponíveis para transportar os carros – uma explicação que, para muitos, está longe de fazer sentido.

Ouvidos pelo jornal, a Associação Norte-Americana de Camiões Transportadores afirmou não conhecer nenhuma falta de transportes e explica que mais nenhum outro fabricante de automóveis tem tido problemas do género.

“Uma pesquisa rápida revela muita capacidade de transporte de automóveis. Talvez a Tesla não tenha dinheiro para pagar por eles”, afirmou Mark B. Spiegel, sócio-gerente da Stanphyl Capital.

Outras hipóteses

Toda a situação está a fazer com que cresça a possibilidade de existir um problema maior na Tesla que não um relacionado com a logística. Um das hipóteses levantadas é o excesso de produção para pouca procura, suspeitas reforçadas pela número de promoções que a Tesla tem feito nos últimos meses.

Ao New York Times, Brian Johnson, analista da Barclays Capital especializado na Tesla, diz ter suspeitas sobre um excesso de inventário face à real procura do mercado.

Esta suposição do analista é baseado no facto de a empresa americana anunciar que consegue entregar certos modelos em quatro meses mas que, na realidade, estes modelos demoram quatro a 12 meses a sair da linha de produção. “Isso sugere que há um inventário desfasado de carros”, explica o analista.

Outra hipótese levantada sugere que os carros encontrados nos parque poderão ser produtos defeituosos. Esta hipótese ganha alguma força quando é sabido que os defeitos de fabrico têm acompanhado a empresa com alguma regularidade.

Esta teoria de carros com desfeitos também é suportada pelo facto de alguns modelos encontrados nos parques estarem marcados com autocolantes ou canetas, indicando locais para reparações, o que significa que não serão carros à espera para serem entregues a clientes.

Apesar de começarem a crescer algumas teorias em relação aos carros estacionados, ainda ninguém tem elementos suficientes para esclarecer o mistério.

Nos próximos dias, a empresa apresentará um relatório de produção dos últimos três meses que poderá ajudar a desvendar o mistério dos carros estacionados e esclarecer a verdadeira situação financeira da empresa.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

thirteen + eleven =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.