Portugal é um os países onde os preços das casas mais têm aumentado nos últimos anos. Esta tendência deve manter-se nos próximos anos.

Portugal é um dos países onde o preços das casas mais tem aumentado nos últimos anos e deve manter esta tendência nos próximos anos. Segundo as estimativas da agência de notação financeira Moody’s, o valor do imobiliário residencial irá subir de 7% a 8% até 2020.

Segundo o Diário de Notícias, o mercado português é aquele que apresenta a previsão de uma taxa de crescimento mais elevada, ao lado da Holanda e da Irlanda. Estes três países serão os que mais irão beneficiar com a valorização dos preços das casas nos próximos dois anos, realça a Moody’s.

De acordo com a agência, “os preços das casas têm estado a aumentar desde meados de 2013 e aceleraram em 2017 para níveis antes de 2008”, tendo assim subido mais de 16% desde o início de 2016. Enquanto que na capital a subida foi de 47%, no Porto foi de 34%.

O “desfasamento entre a procura e a oferta está a levar a uma forte apreciação do preço do imobiliário residencial e comercial” em algumas áreas, o que deverá continuar a alimentar o mercado imobiliário em Portugal.

Além da falta de oferta em algumas zonas, “o regime fiscal especial para não residentes está a impulsionar a procura externa por propriedades residenciais em Portugal”.

Apesar disto, o Banco de Portugal lança o alerta sobre o facto de o valor das casas em Portugal poder estar demasiado alto. No último Relatório de Estabilidade Financeira, a entidade sublinha que há sinais de sobrevalorização dos preços, desde a segunda metade de 2017.

O Banco de Portugal avisa ainda que “a duração e a rapidez do crescimento dos preços podem implicar riscos para a estabilidade financeira em caso de persistência ou reforço desta dinâmica”.

Dois dos motivos apontados para a subida dos preços são o interesse de investidores estrangeiros e a procura de imobiliário para tirar partido do crescimento do turismo. Ainda assim, o Banco de Portugal defende que a retirada de estímulos à economia e a subida gradual dos juros nos próximos anos poderá ajudar a estabilizar os preços das casas.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

four + 1 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.