Rodrigo Antunes / Lusa

A despesa do Estado cresceu no mês passado 289,7 milhões de euros face a abril de 2018, sobretudo devido à fatia de 218,5 milhões de euros destinada ao aumento das pensões do regime geral da Segurança Social.

O valor é avançado esta terça-feira pelo Correio da Manhã, que tem por base o balanço mensal das contas públicas disponibilizado pela Direção-Geral do Orçamento (DGO).

Na síntese de execução orçamental de abril, a DGO mostra que também as progressões salariais no Estado pesaram (193,6 milhões) para o crescimento da despesa acumulada no primeiro quadrimestre de 2019, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Nos mesmo meses, os gastos da Administração Pública subiram a um ritmo inferior (1,1%) inferior às receitas (4,5%). Contudo, observa o CM, tal não impediu que as contas registassem um défice de 1,26 mil milhões de euros no final de abril de 2019, ainda assim inferior em quase 786 milhões de euros face ao saldo negativo registado há um ano.

O mesmo balanço revela que o aumento do dinheiro nos cofres do Estado – mais 1,08 mil milhões de euros comparativamente a abril de 2018 – ficou a dever-se, sobretudo, à subida na cobrança de impostos e de contribuições para a Segurança Social (mais 6,3% ou 407,7 milhões de euros), revela ainda o mesmo documento.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

7 − two =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.