Início Economia Resgate à TAP deverá ser feito através de empréstimo obrigacionista

Resgate à TAP deverá ser feito através de empréstimo obrigacionista

y kawahara / Wikimedia

A ajuda do Estado à TAP deverá chegar através de um empréstimo obrigacionista convertível em ações, avança o jornal Expresso neste sábado.

Este é o cenário mais provável para a TAP, apurou o semanário, que dá conta que o plano de resgate da companhia área ainda não está fechado, carecendo ainda de passar pela negociação com a Comissão Europeia.

Na prática, explica, o objetivo é que estes sejam empréstimos (público ou privado garantido) passíveis de serem convertidos em capital, se a TAP não conseguir pagar. No caso de incumprimento de pagamento, o Estado reforçará a sua participação acionista na companhia e ficará com mais de 50% do capital.

O ministro das ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, já admitiu, no Parlamento, que é provável que a TAP não consiga pagar os empréstimos em causa.

A “luz verde” de Bruxelas é importante neste processo. Tal como tinha noticiado na semana passada o Jornal Económico, o plano de resgate deverá trazer imposições fixadas pela Comissão Europeia, correndo a TAP o risco de reduzir rotas e a frota.

Consequentemente, esta redução poderá levar à perda de postos de trabalho. A TAP, recorde-se, emprega cerca de 10 mil pessoas.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

17 + sixteen =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.