Tiago Petinga / Lusa

O presidente da EDP, António Mexia

O aumento de capital da EDP vai levar ao pagamento de 23 milhões de euros em comissões à banca e a consultores. Este valor é maior do que aquele gasto na venda à China Three Gorges, em 2011.

O Estado vai realizar uma injeção de capital na EDP na ordem dos 1.020 milhões de euros, na qual a fornecedora elétrica prevê pagar 23 milhões de euros em comissões, sobretudo à banca mas também a vários consultores envolvidos. O valor foi divulgado à Comissão do Mercado de Valores Imobiliários (CMVM) pela EDP.

O Expresso escreve que a parcela a pagar em comissões supera, assim, o valor de encargos do Estado com a privatização de 21,35% da EDP, em 2011, com a venda à China Three Gorges por 2,7 mil milhões de euros. Nesta venda, o valor gasto em comissões rondou os 20,2 milhões: 319 mil euros em consultoria jurídica e 19,9 milhões em assessoria financeira.

“Os resultados líquidos da oferta serão apuráveis somente após o anúncio dos resultados da oferta”, diz a EDP. “Havendo subscrição integral e correspondendo o preço de subscrição a 3,30 euros, estima-se que a um montante total de entradas em dinheiro de aproximadamente 1.020.172.880,10 euros corresponda um valor líquido de receitas da oferta de aproximadamente 997 milhões de euros, deduzidas todas as despesas associadas”, lê-se no comunicado à CMVM. Feitas as contas, gastará então 23 milhões de euros em comissões.

A banca vai ser a principal beneficiária das comissões, uma vez que vai organizar o aumento de capital e compromete-se a adquirir as novas ações que eventualmente não tenham procura no mercado.

Os bancos envolvidos são o BCP, o JP Morgan e o Morgan Stanley, contando ainda com a colaboração do BNP Paribas, Bank of America e Goldman Sachs. Só o BCP, que também é acionista da EDP, vai ganhar 200 milhões de euros com esta operação, escreve o ECO.

BCP, JP Morgan e Morgan Stanley comprometeram-se, cada um, a garantir 20% da operação. Na eventualidade de ninguém pretender participar no aumento de capital, poderão pagar cerca de 200 milhões de euros cada um para ficarem com os títulos. Os restantes garantem 13,33% cada um.


Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

sixteen + 19 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.