Mário Cruz / Lusa

A Segurança Social conta com menos pessoas a descontar, mas o valor médio dos salários declarados aumentou relativamente ao ano anterior.

Atualmente, existirem menos trabalhadores a descontar para a Segurança Social, o valor médio dos salários declarados ainda cresce tendo em conta o ano anterior. A notícia foi avançada esta sexta-feira pelo Diário de Notícias.

No primeiro semestre de 2020 registaram-se menos 2,7% de salários declarados face ao ano passado, segundo dados do Conselho das Finanças Públicas à execução orçamental da Segurança Social.

Apesar deste facto, os salários declarados cresceram, em média, 1,4%. Nos primeiros seis meses do ano, a Segurança Social também teve uma quebra de receitas de 196 milhões de euros.

A perda de receita é justificado tendo em conta, entre outros aspetos, a “contração da atividade económica e do emprego”, embora não seja possível distinguir o impacto do desemprego e das medidas implementadas na sequência da pandemia.

A Segurança Social mantinha um excedente de 352 milhões de euros no primeiro semestre. Este valor teria correspondido a 1145 milhões, caso a pandemia não tivesse acontecido.


Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 + two =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.