Logo paivense
Logo paivense

Gasolina sobe na segunda-feira. Este é o maior aumento de preços em nove meses

O preço dos combustíveis vai subir nas bombas portuguesas na próxima segunda-feira. No caso da gasolina, é a oitava semana consecutiva de aumentos, passando esta a custar o mesmo que no início de novembro do ano passado.

“A evolução das cotações em euros aponta para um aumento dos preços de três cêntimos por litro na gasolina e de 0,5 cêntimos por litro na gasóleo”, adiantou esta sexta-feira ao Jornal Económico uma fonte ligada ao setor. Os aumentos vão sentir-se tanto nas bombas das principais gasolineiras como nos postos dos hipermercados.

Segundo dados da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG), referidos no artigo, esta é a oitava semana consecutiva de aumentos para a gasolina, que passará a valer o mesmo que no início de novembro do ano passado.

No caso do gasóleo, esteve a subir durante nove semanas seguidas, mas a tendência foi interrompida esta semana com uma ligeira descida, de menos de meio cêntimo por litro.

Os dados da DGEG mostram que na primeira semana de janeiro de 2019, o gasóleo era comercializado a 1,341 euros por litro e a gasolina a 1,448 euros por litro, em termos médios. Atualmente, o preço médio do litro de gasolina 95 em Portugal está nos 1,512 euros. Já o gasóleo vale 1,420 euros.

Com o aumento da próxima semana, o preço da gasolina passará a custar mais 9,4 cêntimos por litro que no início do ano e o gasóleo 8,4 cêntimos por litro. Ou seja, quem encher um depósito de 50 litros de gasolina vai pagar mais 5 euros, em comparação com o início de 2019. No caso do gasóleo, são mais quatro euros por depósito.

Estes valores podem, no entanto, variar nos postos de abastecimento, já que o preço fixado na rede tem ainda em conta o nível de concorrência, da oferta e da procura em cada mercado e o nível de custos fixos de cada posto.

De acordo com o último relatório de Bruxelas, depois de impostos, o preço médio da gasolina 95 praticado em Portugal é o sétimo mais caro em toda a União Europeia e o gasóleo a oitavo. O relatório da Comissão Europeia também deixa claro que a grande fatia do preço cobrado por cada litro de combustível vai para os cofres do Estado.

Entre os 28 Estados-Membros, o preço médio de referência da gasolina ronda os 1,396 euros por litro, enquanto o ‘diesel’ vale 1,350 euros por litro. Já na zona euro, um litro de gasolina custa 1,433 euros e um litro de gasóleo vale 1,345 euros.

Quanto aos postos mais rentáveis, o Jornal Económico destaca, para a gasolina, o Intermarché de Valença  (1.339€), o Socrabine (1.365€), o Jumbo da Figueira da Foz (1.369€), o E.Leclerc da Figueira da Foz (1.369€) e o Pingo Doce do Fundão (1.373€).

No caso do gasóleo, aponta o Intermarché de Vilar Formoso (1.229€), o Intermarché de Vila Real de Santo António (1.239€), a Rede Energia de Monte Gordo (1.239€), o Pingo Doce do Fundão (1.244€) e o Intermarché do Fundão (1.244€).

TP, ZAP //

Fonte: ZAP