Logo paivense
Logo paivense

Johnson & Johnson não vai entregar já as vacinas destinadas à Europa depois de registados 6 casos de coágulos sanguíneos

A entrega da vacina da Johnson & Johnson vai ser atrasada na Europa, na sequência da recomendação feita pela agência reguladora do medicamento norte-americana, a FDA, de suspensão da administração da vacina.

Esta decisão poderá ter um impacto imediato nos planos de vacinação traçados pelos vários países europeus. Portugal receberia mais de 30 mil vacinas esta semana, não sendo para já clara a dimensão deste atraso.

Foram registados seis casos de pessoas que desenvolveram problemas raros de coágulos sanguíneos após serem inoculadas com a vacina, algo que motivou a recomendação da suspensão do medicamento.