Logo paivense
Logo paivense

Ministro da Educação faltou a debate no Parlamento para ir ver a Selecção na Rússia

Miguel A. Lopes / Lusa

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues

Numa altura de grande tensão entre o Governo e os professores, com uma das maiores greves dos últimos tempos em marcha, o ministro da Educação optou por ir à Rússia ver o jogo da Selecção Portuguesa, contra Marrocos, faltando ao debate quinzenal no Parlamento.

Uma notícia avançada pelo jornal i que refere que a viagem de Tiago Brandão Rodrigues a Moscovo, para ver o jogo do Mundial 2018 que Portugal venceu por 1-0, diante de Marrocos, foi confirmada por “fonte oficial da tutela”.

O ministro terá sido acompanhado pela sua assessora, segundo o jornal que nota também que, contrariamente ao que é habitual, o Ministério da Educação não comunicou a viagem do ministro à comunicação social.

De resto, o i nota que “há 15 dias que não é enviada aos órgãos de comunicação social” a habitual nota de agenda oficial de Tiago Brandão Rodrigues. O ministro tem sido alvo de grande contestação no âmbito do braço-de-ferro entre o Governo e os professores, devido aos critérios de descongelamento das carreiras.

Marques Mendes, comentador da SIC, disse mesmo a semana passada que Tiago Brandão Rodrigues “é um erro de casting” e que “não acerta uma”.

A greve dos professores às avaliações dos alunos está a decorrer há cerca de duas semanas e teme-se que possa lançar o caos nas escolas. Mas Tiago Brandão Rodrigues só abordou o assunto no Parlamento há cinco dias, e tem optado por manter o silêncio.

No debate quinzenal, o ministro foi substituído pela secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão.

Fonte: ZAP