O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro lidera as pesquisas no Brasil.

Jair Bolsonaro sempre muito polêmico no Brasil, já deixou sua posição clara contra os homossexuais, contra cotas para negros e chegou a dizer frases que repercutiram e fez com que o acusassem de racista, homofóbico e machista.

Parte da população brasileira o apoia, menos a classe pobre, que ainda segue apoiando o partido de Lula, que sempre os beneficiou com Bolsa Família e outros subsídios dados pelo governo.

A situação no Brasil era de Bolsonaro contra todos os outros candidatos, mesmo assim, pelas estatísticas, ele ganharia no primeiro turno mas, no segundo turno, poderia perder para os que votariam em todos os outros. Mas algo aconteceu nesta semana que mudou o curso das eleições no Brasil. Bolsonaro sofreu uma tentativa de homicídio, sendo esfaqueado por um adepto do comunismo que foi afiliado ao PSOL, da candidata à Presidência Marina Silva e com postagens em sua rede social como apoiador do partido de Lula da Silva, o PT e anti-maçonaria. Isso fez com que Bolsorano tivesse chances de vencer no primeiro turno, segundo especialistas.

Há quem se engane que o pior problema do Brasil seja a crise financeira, as pesquisas apontam que o maior problema citado pela população seria a falta de segurança. Os dados da violência no Brasil são graves e está afugentando a população. O Brasil vem perdendo parte dos imigrantes portugueses que lá se instalaram e conquistaram suas fortunas, retornando ao país de destino com os filhos luso-brasileiros com cidadania.

Bolsonaro tem como principal projeto acabar com a violência, de uma forma que faz com que tenha apoiadores e temerosos ao dizer que armaria a população.

Conservadores do Brasil o apoiam e sua palavra de ordem é pela família, pela tradição e contra a violência. O sinal com as mãos que costuma fazer, insinuando o uso de armas, é usado pelos outros candidatos que o acusam de promover a violência. Esse é o retrato das eleições no pior momento da história do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

one − one =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.