Início Economia O império de Jamie Oliver colapsou. Há mais de mil empregos em...

O império de Jamie Oliver colapsou. Há mais de mil empregos em risco

COMPARTILHAR

A cadeia de restaurantes do chef britânico Jamie Oliver entrou em insolvência, deixando mais de 1000 postos de trabalho em risco. O empresário já confirmou a situação, mostrando-se “profundamente triste” com o desfecho do negócio.

A notícia é avançada pelo jornal The Guardian esta terça-feira, que dá conta que a consultora KPMG foi nomeada para gerir o processo de proteção dos credores, uma figura prevista no código de insolvências britânico.

Fonte próxima do processo adianto à agência Reuters que esta situação põe em risco mais de mil postos de trabalhos nos 25 estabelecimentos operados pela empresa. De acordo com Público, não se sabe ainda se este processo de insolvência afetará o restaurante do chef em Portugal, que abriu portas o ano passado em Lisboa, mas tudo indica que não

“Estou profundamente triste com este desfecho e gostaria de agradecer a todos os funcionários e fornecedores que colocaram seus corações e almas neste negócio por mais de uma década. Eu aprecio o quão difícil isso é para todos os afetados”, afirmou o Jamie Oliver, citado pelo diário britânico.

“Quero também agradecer aos clientes que usufruíram e apoiaram este negócio na última década, tem sido um verdadeiro prazer servir-vos”, acrescentou, explicando que o primeiro restaurante Jamie’s Italian foi lançado em 2008 para causar uma “disrupção positiva” na indústria da restauração britânica.

Além dos trabalhadores, observa o jornal Eco, também o banco HSBC será prejudicado com o colapso, uma vez que é a instituição onde a cadeia contraiu a sua maior dívida.  No ano passado, o grupo registou perdas de 20 milhões de libras, como resultado de uma quebra de 11% nas vendas. Tendo em conta os resultados, o grupo começou a procurar compradores no último meses, que parece não ter sido bem sucessido.

O grupo de restauração de Jamie Oliver estava já a passar dificuldades financeiras desde pelo menos o início de 2017, altura em que o chef anunciou que iria proceder a uma reestruturação da sua oferta no Reino Unido.

Meio ano depois, Jamie Oliver foi obrigado a recorrer às suas poupanças para injetar dinheiro nos restaurantes (cerca 13 milhões de libras), investimento que lhe permitiu posteriormente ir buscar mais 37 milhões de libras em créditos bancários.

A KPMG não fez ainda qualquer comentário sobre o processo de insolvência.

Jamie Oliver, de 43 anos, tornou-se conhecido depois de ter sido descoberto pela BBC e de protagonizar o programa televisivo Naked Chef (1999-2001), assim como pelo sucesso dos livros com o mesmo nome. O chef decretou guerra ao açúcar e à obsesidade infantil, tendo pressionado o Governo britânico a aplicar uma taxa sobre as bebidas açucaradas.

Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

five × 1 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.