Início Ciência Liya e Maxim são irmãos gémeos (mas nasceram com quase três meses...

Liya e Maxim são irmãos gémeos (mas nasceram com quase três meses de diferença)

COMPARTILHAR

Облздрав Уральск / Facebook

Liya e Maxim nasceram com 11 semanas de diferença, apesar de serem gémeos

Liya e Maxim, dois irmãos gémeos provenientes do Cazaquistão, nasceram com quase três meses de diferença (11 semanas de intervalo).

Na maioria das vezes, os gémeos saem da barriga da mãe com uma diferença de poucos minutos. Mas, às vezes, o atraso pode ser estendido para dias, semanas ou muito mais. Prova disso é o recente caso extremamente raro que ocorreu no Cazaquistão.

Segundo o Science Alert, uma mulher deu à luz os seus gémeos, sendo que um deles só nasceu quase três meses depois, isto é, 11 semanas após a irmã ter vindo ao mundo. Liya nasceu a 24 de maio e o seu irmão Maxim nasceu no passado dia 9 de agosto.

Liliya Konovalova, a mulher de 29 anos, está bem de saúde, assim como os seus dois bebés. O caso até chegou ao ministro da Saúde do país que, partilhou a notícia do nascimento nas redes sociais, e estima que este é o caso de um em 50 milhões.

Um dos dados por detrás deste incrível intervalo de tempo entre Liya e Maxim, escreve o mesmo site, é que a bebé nasceu de forma prematura, às 25 semanas de gestação, e pesando apenas 850 gramas.

Pelo contrário, quando o irmão gémeo nasceu, quase três meses depois, tinha um peso saudável de 2,9 quilos, ou seja, mais de três vezes o peso da sua irmã “mais velha”.

Porém, o nascimento prematuro de Liya é apenas uma parte da história. De acordo com o Live Science, a razão fundamental que explica este enorme intervalo de tempo é o facto de a progenitora ter uma rara condição de saúde chamada útero didelfo, uma malformação do útero que resulta numa espécie de útero duplo.

Quando isto acontece, cada feto desenvolve-se separadamente em cada útero, sendo os nascimentos prematuros e outras situações, como é o caso dos abortos espontâneos, uma complicação comum.

Muitas vezes, mulheres com este problema de saúde não sabem que têm um útero didelfo e, quando engravidam, podem nem se aperceber que estão grávidas de gémeos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.