Início Ciência Tubarões reúnem-se todos os anos em Israel (e não se sabe porquê)

Tubarões reúnem-se todos os anos em Israel (e não se sabe porquê)

COMPARTILHAR

Um grupo de investigadores iniciou a quinta temporada de um estudo de um fenómeno incomum: uma concentração de tubarões num lugar na costa mediterrânea de Israel.

Os funcionários da Estação de Investigação Mrina Morris Kahn, da Universidade de Haifa, está a realizar uma operação de rastreamento aos tubarões que regressam anualmente às proximidades da central elétrica Orot Rabin, na cidade de Hadera.

“O primeiro tubarão foi um tubarão-negro de cerca de 2,5 metros de comprimento que chamamos de Hamsa”, disse Aviad Sheinin, responsável de pesquisa de superpredadores do centro de investigação, ao The Jerusalem Post.

“Podemos identificar uma repetição no comportamento dos tubarões, porque regressam todos os anos à costa de Hadera. Vamos concentrar-nos em tentar entender esse fenómeno usando vários meios tecnológicos”, explicou Sheinin.

Os investigadores descobriram que os primeiro tubarões a chegar àquela zona todos os anos são as fêmeas do tubarão-negro, muito pouco conhecido na parte oriental do Mediterrâneo. Em seguida, juntam-se machos do tubarão-cinzento, uma espécie considerada ameaçada de extinção neste mar. As fêmeas que regressam permitem que os investigadores continuem os seus estudos sobre estes predadores.

“O número de tubarões no Mediterrâneo está a diminuir devido à sobrepesca das presas que constituem os seus alimentos ou à captura involuntária dos próprios tubarões. Parte do estudo procura reduzir o seu agrupamento não intencional para ajudar a sua conservação”, explicou Sheinin.

A concentração de tubarões neste lugar é um fenómeno único, que não é visto em águas semelhantes do planeta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

19 + 11 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.