(dr) Graham Fulton

Grace Fulton, seis anos, publicou recentemente um artigo científico

Uma menina de seis anos, que vive na Austrália, pode ser a autora mais nova de sempre a ter um artigo científico publicado numa revista da especialidade.

Grace Fulton tem uma enorme paixão por animais e, aos seis anos de idade, também já tem um artigo científico publicado em seu nome para juntar ao currículo. Segundo o site IFLScience, a menina é a co-autora de um estudo publicado juntamente com o seu pai, Graham Fulton, ornitologista da Universidade de Queensland, na Austrália.

Em comunicado, o cientista afirma que “Grace adora corujas” e recorda que esta “tinha apenas quatro anos quando começou a passar noites na floresta à procura delas”.

No estudo científico, publicado na revista Pacific Conservation Biology, a dupla comparou a presença de corujas num parque de Brisbane com a floresta húmida Mount Glorious.

“A Grace frequentou o trabalho de campo em todas as ocasiões e nunca faltou à escola no dia seguinte. Conseguia ler os dados e dizer qual era a coruja mais comum na folha de Excel e ao estar no trabalho no terreno. Conseguia lembrar-se de momentos que eu esquecia”, conta Fulton ao mesmo site.

Embora não haja nenhum livro de recordes que determine qual é o autor mais novo de sempre a publicar um artigo científico, o IFLScience atreve-se a dizer que Grace poderá agora conquistar esse título. Até porque o caso mais novo conhecido até à data era o de Sophia Spencer, a canadiana de oito anos que se tornou na “autora júnior” no estudo do entomologista Morgan Jackson.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

fifteen − 6 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.