jdegenhardt / Flickr

Diego, tartaruga gigante macho de Galápagos com mais de 100 anos

A tartaruga gigante macho entrou oficialmente na reforma, esta segunda-feira, tendo sido devolvida à natureza nas Ilhas Galápagos.

De acordo com a rádio TSF, que cita a agência AFP, a tartaruga gigante Diego foi, esta segunda-feira, devolvida à natureza, nas Ilhas Galápagos, no Equador.

Há 50 anos, numa altura em que existiam apenas dois machos e doze tartarugas fêmeas da sua espécie, Chelonoidis hoodensis, Diego entrou num programa de reprodução na ilha de Santa Cruz, junto à costa da Califórnia, nos EUA.

A tartaruga centenária contribuiu para que a população da sua espécie chegasse aos dois mil espécimes. Estima-se que seja o pai de, pelo menos, 40% das crias que estão na ilha Espanhola, isto é, cerca de 800 tartarugas.

Em janeiro, o Diário de Notícias adiantou que, para além de Diego, o fim do programa incluía a devolução dos outros 14 adultos reprodutores, com os quais o parque iniciou o programa de reprodução em meados da década de 1960.

O Parque Nacional Galápagos vai manter o programa de reprodução em cativeiro para outras quatro espécies das ilhas Floreana, São Cristóvão e Isabela, que integram o arquipélago.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

18 − 14 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.