Os dirigentes da American Airlines escreveram a cerca de 25 mil trabalhadores da transportadora aérea para lhes comunicar que o seu emprego pode desaparecer em outubro.

Os dirigentes das Companhias de aviação dos Estados Unidos admitiram que poderiam evitar reduções de pessoal, “porque acreditavam que a procura das viagens aéreas iria recuperar rapidamente até 1 de outubro, com a dissipação do impacto da covid-19″.

Infelizmente, não foi o caso“, escreveram o presidente, Robert Isom, e o presidente executivo, Doug Parker, numa carta.

O setor das viagens aéreas tem recuperado muito lentamente desde meados de abril, mas permanece severamente deprimido. As receitas da American Airlines com os passageiros em junho estão 80% abaixo das registada no mesmo mês do ano passado.

Companhias de aviação norte-americanas aceitaram ajuda federal de até 25 mil milhões de dólares, na condição de não despedirem até outubro. A American recebeu 5,8 mil milhões, a Delta 5,4 mil milhões e a United cinco mil milhões.

Na semana passada tinha sido a United a avisar os seus 36 mil empregados para a eventual perda de emprego. A Delta fez o mesmo aviso aos seus mais de dois mil pilotos.


Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 + seven =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.