hamad M / Flickr

As reservas de petróleo do Koweit estão a esgotar-se e o pais não conseguirá continuar a pagar os salários dos funcionários públicos já depois de outubro, anunciou o ministro das Finanças do país, Barak al Sheetan.

De acordo com os números avançados pela agência Bloomberg, o Governo do Koweit tem apenas 6,6 mil milhões de dólares nos cofres.

Tendo em conta que tem despesas mensais de 1,7 mil milhões e a taxa segundo a qual tem retirado dinheiro da sua reserva nacional, o país pode enfrentar em breve uma crise de liquidez, a menos que ocorra um resgate de credores ou aumento do preço do petróleo.

“A médio e longo prazo, na ausência de empréstimos, mais medidas de austeridade terão de ser aplicadas a nível dos gastos públicos”, afirmou o governante, citado pela agência.

“Dentro de algumas décadas, o Fundo para as Futuras Gerações vai esgotar-se, afetando o bem-estar dos cidadãos e do Estado”, afirmou ainda, referindo-se ao fundo criado para servir de amortecedor quando as reservas de petróleo do país se esgotarem.

A agência recorda ainda que a economia do Koweit depende 90% das vendas de petróleo bruto, que foi severamente afetado pela pandemia de covid-19 – houve uma queda mundial na procura desta matéria prima e o país árabe não escapou.

O país enfrenta neste ano fiscal, que começou a 1 de abril, um défice de 46 mil milhões.


Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

17 + eighteen =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.