Para além da Microsoft e do Twitter, a Oracle também parece estar interessada em comprar a rede social do momento.

De acordo com o jornal Financial Times, outra gigante tecnológica dos Estados Unidos, a Oracle, está a “considerar seriamente” avançar para a compra do TikTok, rede social chinesa detida pela ByteDance.

Os responsáveis da Oracle já terão falado com a ByteDance para comprar as operações da aplicação nos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia, adianta o jornal online Observador.

No início de agosto, a Microsoft mostrou interesse em comprar esta rede social, depois de o Presidente norte-americano, Donald Trump, ter anunciado que a rede social ia ser banida por “razões de segurança nacional”.

Entretanto, o republicano abriu a porta a este negócio, tendo afirmado que “o TikTok vai ser fechado a 15 de setembro, a menos que a Microsoft ou outra empresa possa comprá-la e chegar a um acordo”.

Esta segunda-feira, a popular rede social intensificou a sua campanha de comunicação, tendo criado um novo site e uma conta no Twitter dedicadas a combater “rumores”.

“Tendo em conta os rumores e a desinformação sobre o TikTok que proliferam em Washington e nos meios de comunicação social, queremos repor a verdade”, disse a empresa no seu site, com o lema “o último canto de sol da Internet”.

“Há quase um ano que tentamos falar com o Governo dos Estados Unidos para encontrar uma solução”, reagiu a TikTok. “Mas fomos confrontados com uma administração que não leva os factos em conta, não respeita os procedimentos legais e tenta interferir nas negociações entre empresas privadas”, sublinham os responsáveis pela aplicação.

Além da Microsoft e da Oracle, o Twitter também pode ser outro dos interessados na compra desta rede social chinesa, que se distingue pelos vídeos curtos e pela sua partilha, com grande sucesso entre o público adolescente e cerca de mil milhões de utilizadores em todo o mundo.


Fonte: ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

five − four =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.