Logo paivense
Logo paivense

Naturopata tratou criança de 4 anos com saliva de cão raivoso

Uma naturopata canadiana tratou um criança hiperativa de 4 anos com saliva de um cão raivoso. O anúncio surpreendeu a comunidade médica internacional, que reagiu de forma negativa.

Uma naturopata canadiana assumiu no seu blogue pessoal ter tratado uma criança de quatro anos com problemas de comportamento através da saliva de um cão raivoso. A especialista Anke Zimmermann, tem recebido muitas críticas da comunidade médica, que reagiu de forma negativa.

A mãe da criança recorreu a Zimmermann devido ao comportamento de Jonah. Dificuldades em dormir, mau comportamento na escola, grunhidos recorrentes e uma aversão a água eram comportamentos que, no entender da especialista, mostravam que a criança já teria sido anteriormente mordida por um cão raivoso.

Jonah era um bebé normal até ter sido mordido por um cão na praia, aos dois anos de idade, quando o animal se aproximou para comer um alimento da sua mão e arranhou a pele com os dentes, sem querer.

A explicação de Anke para o comportamento problemático da criança é que o cão provavelmente não era vacinado contra a raiva, e terá passado para Jonah um tipo de “estado canino raivoso”.

A especialista afirma que já viu muitos casos parecidos, e que a melhor opção de tratamento seria o Lyssinum, um remédio natural feito com saliva de cão raivoso que tem uma longa história na homeopatia. A substância é legal no Canadá, onde pode ser adquirida por apenas sete euros.

Muitos órgãos de comunicação social fizeram eco das críticas de especialistas de várias partes do mundo, que afirmaram que este tratamento não só não traria qualquer alteração comportamental à criança como até poderia tê-la colocado em risco.

O relato causou reações críticas à agência que regula os medicamentos no Canadá, à naturopata e à mãe da criança pela possibilidade de exposição da criança ao vírus da raiva, que é fatal. Muitos também a acusaram de estar a mentir sobre ter oferecido uma substância que realmente contém o vírus.

Fonte: ZAP