Logo paivense
Logo paivense

NOS, Eurobic e Efacec notificados para bloquearem direitos de Isabel dos Santos

Eneias Rodrigues / Lusa

Os direitos de voto de Isabel dos Santos na NOS, Eurobic e Efacec foram bloqueados por ordem do juiz Carlos Alexandre. A empresária angolana também não pode receber dividendos destas empresas.

O juiz Carlos Alexandre ordenou que os presidentes dos conselhos de administração da NOS, Eurobic e Efacec bloqueiem os direitos de voto de Isabel dos Santos. O Observador avança que a justiça portuguesa quer evitar que ocorram alegados atos de dissipação de património por parte da empresária angolana.

Desta forma, Ângelo Paupério, Diogo Barrote e Ângelo Ramalho, respetivamente, são obrigados a registar nos livros de ações das sociedades o arresto preventivo do Tribunal Central de Instrução Criminal.

Assim, Isabel dos Santos não poderá receber dividendos do ano económico de 2019 ou anteriores. Estes terão de ser depositados numa conta do Ministério Público aberta especificamente para o efeito. Além disso, a filha de de José Eduardo dos Santos também perde o direito de preferência na subscrição de novas ações.

De acordo com o Jornal Económico, na última Assembleia Geral do EuroBic, as empresas que pertencem à empresária angolana já não puderam votar.

O Eurobic divulgou na semana passada que, no ano passado, teve lucros de 61 milhões de euros (mais 44% do que em 2018), destacando que esse foi “o melhor resultado obtido nos onze anos de atividade”. O resultado positivo aconteceu independentemente das imparidades de 25% nos créditos do universo de Isabel dos Santos.

Na sequência do caso Luanda Leaks foi registada uma imparidade de cerca de oito milhões de euros para estes créditos.

Fonte: ZAP

Últimas Notícias 

Redes social da paivense