Início Notícias Escândalo no PSD: figurões do partido acusados de aceitar subornos e investigados...

Escândalo no PSD: figurões do partido acusados de aceitar subornos e investigados pelo Ministério Público

Vice-presidente do PSD, Salvador Malheiro, está implicado em polémicas e acusações de recebimento de vantagens ilícitas, e está a arrastar o Partido e a figura de Rui Rio para um grande escândalo.

COMPARTILHAR

Nesta semana, grandes nomes do PSD estão a ser acusados de aceitar subornos diversos de empresas privadas em troca de supostos favorecimentos. outros três deputados sociais-democratas que já foram constituídos arguidos pela mesma razão.

Segundo investigações em andamento, o vice-presidente do PSD e autarca de Ovar, Salvador Malheiro, aceitou viagens e bilhetes pagos pela Olivedesportos para assistir um jogo do Euro 2016. O facto foi divulgado pelos principais veículos de comunicação do país.

Além disto, o Ministério Público abriu um inquérito para investigar o caso do carro de luxo de Malheiro. O carro alugado pela Câmara Municipal de Ovar, um Lexus de alta cilindrada, para ser usado como carro de serviço pelo autarca nas suas deslocações, e que foi usado por Malheiro participar em eventos do partido.

As coisas estão difíceis para a liderança do PSD. Este é o segundo processo-crime em que o vice-presidente do partido é envolvido. Houve também a polémica com a adjudicação de obras em clubes do concelho para a instalação de relvados e o terceiro que tem como foco a Câmara de Ovar esde que Malheiro ascendeu à vice-presidência e foi chamado por Rui Rio para ser seu braço-direito no partido.