Início Castelo de Paiva Ex-presidente da CM de Castelo de Paiva denuncia destruição da ornamentação na...

Ex-presidente da CM de Castelo de Paiva denuncia destruição da ornamentação na Praça da Independência

O antigo autarca do concelho expôs sua indignação e referiu sobre a questão com duras críticas a atual administração.

COMPARTILHAR

O ex-presidente da Câmara Municipal de Castelo de Paiva, o Sr. Paulo Ramalheira Teixeira, emitiu um comunicado que rapidamente espalhou-se pelas redes sociais onde denunciou e expressou profunda mágoa pela destruição da ornamentação que existia na Praça da Independência. O antigo autarca do concelho expôs sua indignação e referiu sobre a questão com duras críticas a atual administração.

Leia abaixo, na íntegra, o comunicado do Sr. Paulo Teixeira”

“O INCRÍVEL ACONTECE EM CASTELO DE PAIVA

É com muita mágoa que assisto desde hoje à destruição da ornamentação que existia na Praça da Independência, referindo-me concretamente aos canteiros de água que davam vida ao arranjo urbanístico concretizado num dos mandatos a que tive a honra de presidir.

A requalificação da Praça da Independência foi um projecto muito debatido na época e que teve como primeira preocupação criar uma zona de proteção aos peões, na envolvência da Igreja Matriz e sobretudo ordenar o trânsito e o estacionamento naquela zona.

Canteiro do Largo da Independência antes das obras.

Deste modo é com profunda mágoa que, no dia de hoje, assisti ao desmantelamento dos canteiros com projetores de água que ali tinham sido colocados, para em sua substituição surgirem cubos, ficando aquela plataforma toda a cubos.

Deste modo , considero que aquela Praça vai ficar mais pobre, e alertado que fui por muitos paivenses para o que a Câmara Municipal está a fazer, manifesto por esta via a minha total discordância e repúdio.

Destruição do canteiro denunciada pelo Sr. Paulo Teixeira.

Em alguns países, chamados de Terceiro Mundo destrói-se obra feita, para se dizer que se tem obra nova para fazer, espero que aqui não seja o caso.
A exemplo das Tílias retiradas do Largo do Conde o futuro se encarregará de dizer quem tinha razão, e o Povo os julgará.

Paulo Ramalheira Teixeira
Presidente da Camara de Castelo de Paiva de 7.1.1998 a 31.10.2009”

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 + seven =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.