Início Castelo de Paiva Implantação do Passe Único da AMP em Castelo de Paiva pode ser...

Implantação do Passe Único da AMP em Castelo de Paiva pode ser adiada

Apesar da medida começar a valer a partir de 1 de Abril em toda Área Metropolitana do Porto, a implantação em terras paivenses está prevista a partir de 1 de maio. A Transdev e a Viação Feirense, que servem ao concelho de Castelo de Paiva e região, passam a estar sujeitos a uma única integração tarifária, de valor mensal de 40 euros para utilização dos transportes intermunicipais, assim como Metro do Porto e CP.

COMPARTILHAR

O passe único da Área Metropolitana do Porto (AMP) que entrará em vigor a 1 de abril, vai poder ser adquirido a partir de 21 de março nas lojas Andante da Área Metropolitana do Porto, revelou esta sexta-feira o presidente daquela entidade. No entanto 9 concelhos incluindo Castelo de Paiva podem não conseguir usufruir desta medida de imediato.

Segundo Eduardo Vítor Rodrigues, presidente do Conselho Metropolitano, mantêm-se ainda questões por resolver com a empresa Auto Viação Feirense que serve nove concelhos – Santa Maria da Feira, Arouca, Castelo de Paiva, Ovar, S. João da Madeira, Porto, Gaia, Espinho e Gondomar – e o Grupo Transdev, no caso particular de Santo Tirso. Por este motivo, a implantação do passe único em Castelo de Paiva pode demorar ainda mais alguns meses.

O presidente da AMP acredita ainda assim que estes constrangimentos possam já estar resolvidos até ao dia 1 maio, até porque, sublinha, os validadores são condição essencial para que estas empresas possam entrar no concurso para a concessão dos transportes rodoviários que está a ser ultimado.

A redução tarifária para os municípios vem na sequência da atribuição de 1,8 milhões de euros de apoio do Estado à Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa), para aplicação em medidas de redução das tarifas dos transportes públicos coletivos da região, no âmbito do Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART).

As ações de apoio à redução tarifária nos transportes públicos coletivos viabilizam a criação de um bilhete “Passe CIM do Tâmega e Sousa”, com
diferenciação de valores entre passes urbanos, municipais e intermunicipais/inter-regionais. Assim, a rede Andante, os comboios da CP e os autocarros intermunicipais da Transdev e da Viação Feirense, que servem ao concelho de Castelo de Paiva e região, passam a estar sujeitos a uma única integração tarifária, de valor mensal de 40 euros para utilização de toda a rede.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

four × 4 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.