Início Ciência O nosso sistema imunitário pode ser o culpado pelas cáries dentárias

O nosso sistema imunitário pode ser o culpado pelas cáries dentárias

O sistema imunitário faz um trabalho essencial para a nossa sobrevivência e saúde. Mas, quando não funciona bem, pode causar problemas, entre os quais as cáries dentárias.

Investigadores descobriram que as cáries podem ser parcialmente causadas por bactérias que contam com a “ajuda inconsciente” de células do sistema imunitário conhecidas como neutrófilos, sendo as cavidades o dano colateral da batalha entre os neutrófilos e bactérias.

Neutrófilos são implantados através das gengivas para combater a infecção – mas enquanto não conseguem danificar os dentes por conta própria, parecem fazer com que as bactérias libertem uma mistura ácida de autodefesa. Por sua vez, o ácido causa danos nos nossos dentes.

“Ninguém acreditaria que o nosso sistema imunológico participaria na criação de cáries”, disse o investigador Yoav Finer, da Universidade de Toronto, no Canadá. “Agora temos provas. É como quando se pega numa marreta para acertar numa mosca na parede. É o que acontece quando neutrófilos lutam contra invasores.”

Com base em testes feitos no laboratório, a equipe de cientistas acredita que o ácido libertado pelas bactérias quando sob ataque de neutrófilos desmineraliza os dentes, dissolvendo o esmalte da superfície que atua como uma barreira à cárie dentária.

De acordo com o estudo, publicado na revista Acta Biomateralia, as enzimas das bactérias-alvo e dos neutrófilos podem, assim, corroer o dente, mesmo que os neutrófilos se tenham envolvido apenas para tentar ajudar.

O processo torna os dentes particularmente vulneráveis às cáries, os primeiros estágios da cavidade dentária, e isto pode acontecer dentro de algumas horas. Tanto a dentina dentro dos dentes como a resina usada em obturações artificiais podem ficar vulneráveis. Quando um dente está desmineralizado, o esmalte que perde não pode ser totalmente substituído.

A saliva e a pasta de dentes com flúor podem ajudar e, cada vez mais, estamos a ver algumas estudos promissoras sobre formas de recuperar o esmalte. Esse processo recém-descoberto pode explicar por que razão os preenchimentos cor de dentes geralmente falham em poucos anos – são projetados para substituir o esmalte e a dentina perdidos, mas também estão sob ataque de bactérias e do próprio sistema imunológico do corpo.

Serão necessárias mais investigações para descobri qual é a relação entre a cárie dentária e os neutrófilos. Mas, se conseguirmos entender melhor a cárie dentária, poderemos fazer mais para preveni-la e tratá-la. Esta descoberta também pode levar ao desenvolvimento de melhores materiais de preenchimento dentário, mais adequados para suportar a mistura de bactérias e neutrófilos.

As bactérias ainda são os principais ofensores, mas se os cientistas estiverem certos, o sistema imunológico do corpo também agrava o problema. O próximo passo é executar testes em dentes reais e fora da configuração do laboratório.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

2 × 1 =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.